Carta aos Escaladores

0 Flares 0 Flares ×

Caro escalador,

Nosso esporte vem, há muitos anos, sofrendo com a falta de organização e orientação ética. O que traz graves conseqüências para o seu desenvolvimento. No entanto, você pode fazer algo para mudar este quadro, e para isto a sua atitude pessoal e o seu poder de divulgação são fundamentais.

Por isto, nós, os clubes e escolas abaixo, assumimos em comum acordo uma série de princípios éticos e algumas atitudes que, se seguidos, poderão melhorar esta situação. Estes princípios estão fundamentados na ética ambiental – minimização do impacto da escalada sobre o ambiente – e o respeito entre escaladores.

A ética ambiental é definida em atitudes ou utilizações de técnicas que reduzam ao máximo o registro da passagem do escalador pela montanha.

Respeito entre escaladores está sobretudo, mas não somente, materializado na não alteração das vias já conquistadas, que devem ser compreendidas como um patrimônio para todos os escaladores (atuais ou futuros). Deste modo, devem ser preservadas as diferenças de estilo e concepções de conquista que tornam a escalada em rocha um esporte tão rico e único.

Esperamos, portanto, que você se junte a nós assumindo e divulgando as seguintes idéias e posturas:

1- Resolva os lances naturais oferecidos pela pedra, não coloque e não cave agarras artificiais em rocha. Deixe para criar lances e vias artificiais somente em muros de escalada indoor.

2- Não acrescente ou retire grampos em vias de escaladas sem a autorização dos conquistadores. Se uma via foi conquistada bem protegida, com grampeação longa ou com proteções móveis, devemos respeitar estes estilos É válido lembrar que o escalador deve se preparar para as escaladas que deseja realizar e não rebaixar a escalada ao seu nível. Se você achar realmente necessárias alterações, converse antes com os conquistadores da mesma.

3- Já existem acessos a todas as vias de escaladas. Não abra novas trilhas, nem crie atalhos modificando seus traçados originais.

4- Preserve a vegetação das paredes rochosas. Não moleste aves e outros animais silvestres que, eventualmente, encontre durante a escalada.

5- Ajude a manter trilhas e montanhas limpas. Leve seu lixo de volta.

6- Se você conquistou alguma via, faça o seu croqui oficial e mande-o para nós, através de nossos e-mail, endereço ou fax.

ENTRE NESTA CORDADA VOCÊ TAMBÉM
Esta carta foi proposta pela FEMERJ
(Federação de Montanhismo do Estado do Rio de Janeiro).

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 Email -- 0 Flares ×

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Navigation Menu